top of page

Empreender não se trata apenas de saber fazer


Trabalhar por conta própria pode ser desmotivador com os altos e baixos, com as incertezas que surgem, com as demandas e responsabilidades inerentes. Mas, sobretudo, porque estas situações influenciam a energia, o estado de espírito e a vontade de continuar.


E uma das coisas que é necessário aprender é que empreender não se trata apenas de saber fazer, ou seja, não se trata apenas do conhecimento que se tem da sua área de atuação, há mais fatores a ter em conta e um deles é fundamental e está relacionado com questões pessoais. Por isso, o lado profissional não é só profissional, e não pode ser visto como algo separado, pois a pessoa é a mesma e tudo o que se sente fora do trabalho se reflete nele, e tudo o que se sente nele pode ser levado para a vida pessoal.


Neste sentido, empreender deve ser visto como parte da pessoa que empreende, pois trata-se de uma parte de si.


Empreender tem uma grande parte de autoconhecimento, de superação, de compromisso, de lidar com as críticas internas, com medos e bloqueios. E neste caminho, enquanto revelas o teu potencial e conhecimento da tua área de atuação, aprendes a lidar com as tuas questões pessoais, ligadas ao teu trabalho.


Reconhecer-se em diferentes papéis simultâneos é um desafio a enfrentar, que requer muita clareza da direção.


Não te percas de ti. Aprende a ganhar clareza da situação em que te encontras, do que queres para ti e da direção a seguir.

Posts recentes

Ver tudo

Todas as pessoas têm estrias, dobras, cicatrizes, linhas de expressão. Todas! Permite-te errar e recomeçar. Não te culpes ou punas por não conseguires fazer melhor hoje. O caminho é contínuo e a jorna

bottom of page