Mulheres influentes!

Atualizado: Nov 11


The Iron Lady é uma sugestão de filme, que representa o papel da primeira mulher primeira-ministra do Reino Unido e aquela que ocupou mais tempo este cargo no sec.XX.


Não podia deixar de olhar para a forma como a a atriz e os figurinos foram representados, captando a essência desta mulher que se definiu também pelo seu vestuário clássico, num partido conservador, e ao mesmo tempo elegante, que a destacou num contexto masculino.


Margaret Thatcher usou o seu guarda-roupa para refletir o seu papel como mulher de Estado, tal como referia, reforçando essa ideia ao dizer, em 1993: "era muito importante que a impressão que eu desse fosse adequada à ocasião política".


Interessada por moda e detalhes específicos na sua imagem, preocupava-se em transmitir a mensagem de mulher poderosa. Segundo o seu secretário particular, ela "sabia que as suas decisões de vestuário seriam minuciosamente analisadas e construiriam a sua imagem".


Durante as viagens ela adaptava ainda a cor dos vestidos que usava de acordo com a mensagem que queria representar. Usou verde na Polónia como a cor da esperança, e em Israel o branco e azul, a cor da bandeira.


É aqui referida a importância da adaptação de imagem a um contexto muito específico e à mulher que se viria a tornar.


O azul foi a cor que a diferenciou num contexto masculino e que hoje é, muitas vezes, substituto do fato preto no guarda-roupa masculino. Podemos ver a evolução dos tons de azul antes e após a entrada no contexto político, que acompanham a sua mudança e maturidade.


Eu sou a Joana Ribeiro